<![CDATA[rés da rua - Blogue]]>Tue, 23 Feb 2016 22:20:42 +0000Weebly<![CDATA[Apresentação do "Livro de Reclamações" de Luca Argel]]>Thu, 09 Apr 2015 17:13:05 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/apresentacao-do-livro-de-reclamacoes-de-luca-argel
As Edições Escalpo de Mársias e o Rés-da-Rua têm o prazer de convidá-l@s para a última apresentação do "Livro de Reclamações", segundo livro do poeta brasileiro Luca Argel.

Vejam aqui um trabalho do Luca: https://www.youtube.com/watch?v=MTGtxfzGGPI

E um pouco antes teremos jantar vegetariano por donativo, como sempre, a partir das 20h00.

Até já!
]]>
<![CDATA[Ciclo de Cinema Miyazaki]]>Thu, 09 Apr 2015 17:08:42 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/ciclo-de-cinema-miyazaki
Ciclo de Cinema dedicado a Hayao Miyazaki e seus companheiros de animação!

Sessões às 18.30h (versão portuguesa para os mais pequenos :)) e às 21.30h.

09 de Abril

18.30h - O Meu Vizinho Totoro (VP) - Hayao Miyazaki;
21.30h - As Asas do Vento (VO) - Hayao Miyazaki.

16 de Abril

18.30h - O Castelo Andante (VP) - Hayao Miyazaki;
21.30h - Contos de Terramar (VO) - Goro Miyazaki.

23 de Abril

18.30h - Ponyo à Beira-Mar (VP) - Hayao Miyazaki;
21.30h - A Princesa Monoke (VO) - Hayao Miyazaki.

30 de Abril

18.30h - O Mundo Secreto de Arrietty (VP) - Hiromasa Yonebayashi;
21.30h - Nausiccaä do Vale do Vento (VO) - Hayao Miyazaki.
]]>
<![CDATA[Cicloficina do Porto no Rés]]>Tue, 07 Apr 2015 16:14:01 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/cicloficina-do-porto-no-res
Nesta sexta feira a partir das 18h00, a cicloficina vem de pedal cidade abaixo para instalar as suas ferramentas e no atrelado trazem a vontade de montar aqui um novo espaço organizado onde se ensina e aprende tudo sobre bicicletas, seja isso, reparar, desmontar, enfeitar, inventar, etc.
Traz a tua bike sem travões e a tua trótinete sem rodas e vamos repara-las ou talvez, quiçá, construir um monstro.
]]>
<![CDATA[Festa da bicicleta]]>Tue, 24 Mar 2015 10:49:22 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/festa-da-bicicleta
Para esta sexta-feira, dia primaveril, aqui no Rés da Rua, vamos ter Percurso de Obstáculos para Crianças ás 16h organizado pela Escola Viva, depois damos um salto no passeio de bicicleta organizado pela Massa Critica. 
Voltamos a casa para o Jantar vegetariano ás 20h e depois o filme de Jacques Tati "Jour de Fetê"


Sinopse do filme:

Neste charmoso e, essencialmente sem enredo, filme pré-Hulot, Tati é François, um carteiro contente e feliz de uma pequena aldeia onde o tempo passa devagar.
François vive à vontade com o seu ofício e com calma e lazer exerce as suas funções, convivendo com as pessoas da aldeia e a saborear bom vinho, todos os dias pedala longe nas suas entregas de correio sobre sua amada bicicleta.
Mas as coisas animam quando um carnaval itinerante chega à cidade. Uma das atrações é um filme que retrata o sistema de entrega postal rápido e eficiente do United States Postal Service. O narrador do filme nos exorta "rapidité, rapidité". François atende ao apelo, e tenta americanizar seu estilo de trabalho.

Jacques Tati, França, 1949
79 min
]]>
<![CDATA["Starsuckers" - Ciclo documentários sobre marketing invisivel]]>Mon, 23 Mar 2015 13:21:35 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/starsuckers-ciclo-documentarios-sobre-marketing-invisivelComo é que as crianças são persuadidas que a fama é algo que elas querem? Como a tv e os media reinforçam a importância da "celebridade"? Como a mente e corpo força a nossa necessidade de seguir o modelo de pessoas "famosas"? Como a imprensa ficou viciada na cobertura das celebridades, e como a arte de promover a fama levou a que as celebridades e os seus relações públicas controlem a imprensa?

Este próximo documentário examina a natureza do contexto "celebridade" na cultura contemporânea, e o impacto que tem na política, economia e nos média.
]]>
<![CDATA[Construção colectiva de uma narrativa]]>Tue, 17 Mar 2015 12:17:27 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/construcao-colectiva-de-uma-narrativaImagem
Visto o interesse que despertou o primeiro evento desta série, em que as pessoas presentes contaram as suas histórias e as suas opiniões, achámos que fosse o momento oportuno para aproveitar a onda, fazer um bocadinho de surf para criarmos uma narrativa em conjunto. 

Então ná próxima sexta, mesmo sítio, o Rés da Rua, mesma hora, 21h30, teremos mais uma discussão para tentar responder às perguntas: existe hoje em dia uma cultura superior às outras? Se hoje não existe, é possivel sequer imaginar que um dia venha a existir? 

A discussão vai ser nos mesmos moldes da discussão passada: há um moderarador que não participa com argumentos na discussão mas vai pedir às participantes para serem sintéticas e claras. 

A novidade que vamos introduzir é que, ao fim da discussão, vamos fazer um apanhado do que foi dito, e vamos construir em conjunto uma narrativo a partir disso.

Apareçam!!!!

]]>
<![CDATA["Czech Dream" - Ciclo Documentários sobre Marketing Invisivel]]>Mon, 16 Mar 2015 13:19:53 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/czech-dream-ciclo-documentarios-sobre-marketing-invisivel
Na Républica Checa pós-sovietica, os consumidores não precisam de esperar horas nas longas filas para ter os bens essenciais, mas nos ultimos anos, é comum acamparem noite dentro na antecipação da abertura do centro comercial mais recente. 
A rápida expansão do fenomeno hipermercado, inspirou estes cineastas a usarem as novas tendencias de marketing para lançarem uma mega campanha promocional do hiper imaginado por deles, " O Sonho Checo". A diferença entre este e os outros hipers, é que o sonho checo não existe.

Esta é talvez a maior partida na história do cinema documental, que provocou grande debate e consternação na sociedade checa, quando ao fim de semanas de campanhas alusivas, no dia de estreia, a enorme multidão de pessoas depara-se com... nada.
]]>
<![CDATA[O pensamento crítico. Debate/brain storming.]]>Fri, 13 Mar 2015 12:24:15 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/o-pensamento-critico-debatebrain-storming
Não acredite em qualquer coisa simplesmente porque já tinha ouvido isso. Não acredite em algo simplesmente porque é falado por muitos. Não acredite em algo simplesmente porque é encontrado escrito em livros religiosos. Não acredite em qualquer coisa devido meramente à autoridade dos seus professores e anciãos. Não acredite em tradições porque foram proferidas por muitas gerações. Mas, após observação e análise, quando você achar que qualquer coisa está de acordo com a razão e é propício para o bem e benefício de um e todos, então aceite-o e viva de acordo com isso.

Buddha

Difícil não concordar com estas sábias palavras. Porém, a maioria dos seres humanos, tem a tendência a acreditar em algo porque é falado por muitos, ou porque foi escrito em livros sagrados, ou meramente pela autoridade de quem o disse. E quanto mais acreditamos que não o estamos a fazer, mais o fazemos.

No Rés da Rua, discutiremos sobre as razões pelas quais isso acontece, e vamos propor em conjunto soluções práticas e concretas, desenvolveremos as ferramentas necessárias para o pensamento crítico.

Após uma breve introdução, a palavra passará à audiência.
]]>
<![CDATA[Ciclo de documentários sobre Marketing invisivel]]>Tue, 10 Mar 2015 12:23:53 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/ciclo-de-documentarios-sobre-marketing-invisivel Na sociedade de consumo contemporâneo, hiper-competitivo, saturado, repetititivo onde copias são copias de recopias, mas onde o consumidor está cada vez mais critico e consciente, as industrias de marketing e publicidade estão cada vez mais sob pressão para procurar novos métodos para reinforçar o apego emocional, além da razão, entre o consumidor e a marca que ele compra.
Um produto novo só o é se transcender o seu logo, ter um valor acrescido, uma ideia, uma "história" por detrás da sua marca. Supera-se a uma experiência, a uma transformação ou ao preenchimento de um desejo, e a transação comercial decorrida é sentida como o seguimento mais natural possivel.

Este ciclo de documentários procura mostrar a partir dos elementos do nosso quotidiano a nova classe de truques, técnicas e seduções no mundo subterrâneo do marketing e publicidade, porque agora além de ter encontrado expressão criativa/artistica e instrumento cientifico (neuromarketing), é mais do que nunca, insidioso e pervasivo.

A exibição dos filmes acontecerão às quartas-feiras na associação cultural, Casa da Horta, e no colectivo autogestionado, Rés da Rua, ambos de entrada livre e precedidos de jantar vegetariano.

Picture
Para esta quarta na Casa da Horta - associação cultural:

- Obsolescencia Programada,
de Cosima Dannoritzer

É uma estratégia que visa fazer com que a vida de um produto tenha sua durabilidade limitada para que sempre o consumidor se veja obrigado a comprar novamente.
Essa prática tem gerado montanhas de resíduos, transformando algumas cidades de países de terceiro mundo em verdadeiros depósitos, sem falar na matéria prima, energia e tempo humano desperdiçados.


Para esta quinta no Rés-da-rua:

- The Persuaders,
de Douglas Rushkoff

Uma analise detalhada às mudanças actuais das industrias de publicidade e relações públicas, cujas práticas influenciam a cultura e politica norte-americana.

]]>
<![CDATA["Offside" de Jafar Panahi]]>Tue, 09 Dec 2014 20:18:44 GMThttp://resdarua.weebly.com/blogue/offside-de-jafar-panahi


Esta comédia satirica iraniana retrata as mulheres que se disfarçam de homens na tentativa de entrar no estádio para ver os jogos de futebol.

Em fase final para a qualificação para o mundial o jogo contra o Bahrein é o decisivo e praticamente toda a cidade de Teerão está excitada com o desafio, mas oficialmente, o futebol no Irão é só para homens.

Desde a revolução islamica, 1979, que as mulheres são proibidas de assistir os jogos desportivos nos estádios onde há linguagem rude e agressiva, comportamento lascivo e onde os homens estão de calções e de manga curta!
Mas isso não impede que inumeras mulheres tentem entrar no estádio disfarçadas de homens e enganar os seguranças.

Filme polémico, proibido no Irão sem sequer ter estreado (embora se tenha tornado o mais visto-pirateado), que usa o jogo de futebol como apenas uma metafora para mostrar a discriminação contra as mulheres em grande escala.

Jafar Panahi
Irão, 2006, 99 min
]]>